Beyoncé 40 anos: Relembre 10 vezes que a maior artista da atualidade parou as máquinas

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Beyoncé | Crédito: Instagram

Nascida e criada em Houston, no Texas, a aniversariante deste sábado, Beyoncé, é multitarefas: cantora, compositora, atriz, dançarina, coreógrafa, produtora, diretora, mulher de Jay-Z e mãe de Blue Ivy Carter e dos gêmeos Rumi e Sir Carter. Queen B, como é chamada por seus devotos fãs pelo mundo, é mulher com M maiúsculo e prova isso todos os dias. Duvida? Espia só essa cronologia da vida e carreira da artista.

1. Destiny’s Child – Beyoncé começou sua carreira ao lado de Kelly Rowland e Michelle Williams. O trio de R&B já vendeu mais de 50 milhões de discos e emplacou sucessos cantados até hoje, como “Survivor”, “Bootylicious”, “Cater 2 U” e a clássica “Say My Name”. Mesmo depois do sucesso na carreira solo, Mrs. Cater provou que não esqueceu das amigas e elas fazem apresentações esporádicas desde que se separaram, como a reunião durante o show de Beyoncé no intervalo do Super Bowl em 2013. Dizem que um remember pode estar perto de acontecer, já que a página do grupo atualizou as fotos do avatar no Twitter e no Facebook, o que causou um alvoroço entre os fãs.

2. Mr. & Mrs. Carter – Beyoncé e Jay-Z formam um dos casais mais poderosos do showbiz. Em outubro de 2020, a ‘Forbes’ informou que o patrimônio da cantora foi atualizado para R$2,5 bilhões e o do rapper em R$ 7,8 bilhões. Atualmente, a fortuna combinada dos dois é de cerca de 10 bilhões. Fazendo com que eles carreguem o título de casal de músicos mais ricos de todo planeta, deixando para trás nomes como Gisele & Tom Brady e Brad & Angelina.

3. Dona e proprietária – Além de cantora, Beyoncé se aventurou ao criar a IVY Park, sua marca de roupas criada com o empresário Sir Philip Green. Em parceria com a adidas, a artista costuma balançar o mercado da moda ao criar suas coleções. Impossível escolher apenas uma peça.

4. I am… Sasha Fierce – “Eu tenho alguém que assume quando é hora de trabalhar e quando estou no palco, este alter ego que criei é que me protege de quem realmente sou”. Com essas palavras Beyoncé tentou explicar quem era Sasha Fierce, seu alter ego “do mal”, apresentado junto com seu terceiro álbum, em 2008. A história toda é uma viagem daquelas e cheia de simbolismos e significados ocultos. Mas a verdade é que nós amamos ver Sasha Fierce no palco.

5. Follow de Beyoncé tem poder! A gata, que não segue ninguém no Instagram, é a nona conta com mais seguidores da rede social. Abaixo dela, Justin Bieber. Já acima, Kim Kardashian, Selena Gomes, Lionel Messi, Kylie Jenner, Ariana Grande, entre outros…

 

6. Girl power! Beyoncé é feminista e política, senhoras e senhores. Há quem faça críticas ao seu modo de vida e trabalho, mas isso não impede que a cantora demonstre força aos movimentos em que acredita, dando holofotes a pautas importantes.

7. Mamãe coruja – Blue Ivy é a primeira filha de Bey e Jay-Z. Aos 9 anos, a criança ganhou seu primeiro Grammy na categoria Melhor Clipe por “Brown Skin Girl”, se tornando a segunda mais jovem a ganhar a premiação mais importante da música.

8 – Dados poderosos – “Formation”, música do álbum “Lemonade”, lançado em 2016, foi eleito o melhor clipe de todos os tempos pela Rolling Stone. “Se o álbum visual autointitulado de Beyoncé a estabeleceu como uma das maiores artistas de todos os tempos, o vídeo ‘Formation’, lançado de surpresa, a marcou como uma das mais importantes”, afirmou o periódico, que também acrescentou os reis do pop Madonna e Michael Jackson entre os 10 primeiros. Na publicação, a americana também emplacou “Single Ladies (Put A Ring On It)”, que ficou no 12º lugar, além das parcerias “Apeshit”, lançada como The Carters, ao lado do marido, Jay-Z, e “Telephone”, sua colaboração na música de Lady Gaga, nas 29ª e 66ª posições respectivamente.

9 – Estante lotada – Em novembro de 2020, Bey foi indicada para incríveis nove categorias do Grammy, incluindo ‘Música do ano’ para Black Parade e Savage, elevando seu total para 79 indicações. Desta forma, ela tornou-se a artista feminina mais indicada ao Grammy de todos os tempos. Além de ser a mulher com mais vitórias na premiação – somando 28 estatuetas. É o poder!

10 – Pedra poderosa – A americana é a primeira mulher negra a usar um diamante Tiffany em mais de 150 anos de existência da joia. A peça, que nunca foi cogitada para venda, foi adquirida por Charles Lewis Tiffany, fundador da marca, em 1878. O diamante foi descoberto nas minas da África do Sul, e possui mais de 128 quilates, divididos em 82 faces. Na campanha poderosa, Beyoncé aparece dividindo os holofotes do mundo da moda com o marido.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…