Viola Davis || Créditos: Getty Images

“Nem toda mulher com apetite sexual usa tamanho P”, dispara a musa Viola Davis

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Viola Davis || Créditos: Getty Images

Vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante no ano passado (por “Um Limite Entre Nós”), Viola Davis anda mais empoderada do que nunca. Depois de reclamar das diferenças salariais entre atrizes brancas e negras em Hollywood, a estrela de “How To Get Away With Murder” soltou o verbo contra certos padrões de beleza perpetrados pela indústria do cinema e afins, e difíceis de serem seguidos pela maioria das mortais. “Nem toda mulher com apetite sexual veste tamanho P, anda como uma supermodelo ou é mais leve que uma sacola de papel”, ela disse recentemente durante a cúpula “Women in the World”, evento anual que rola desde 2010 e é organizado pela jornalista Tina Brown, que já comandou as redações de revistas como a “Newsweek” e a “The New Yorker”, e é feminista de carteirinha.

A atriz fez o comentário momentos depois de explicar o motivo por trás de uma das cenas mais antológicas da série americana que protagoniza: aquela em que a personagem dela, a advogada Annalise Keating, se despe na frente da câmera, inclusive tirando a maquiagem e a peruca. “O negócio dos atores é criar figuras humanas”, contou. “É encontrar aquele ponto que faz a gente se ligar. Atuar é um estudo constante sobre ‘O que é o seu tumor?’, e pra fazer isso foi fundamental tirar aquela peruca… O resultado foi que forcei o roteirista a escrever a mulher”. Num bate papo com a apresentadora Joy-Ann, do canal MSNBC, Viola disse ainda que as mulheres são muito mais agressivas quando buscam o que querem, algo que acredita estar se proliferando. “Eu vejo muitas mulheres tentando se tornar a mudança que tanto querem [no mundo]”. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar