Nelson Motta elege sete papéis para relembrar Marília Pêra

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
casal
Marília Pêra e Nelson Motta || Créditos: AgNews

“A primeira vez com Marília não se esquece”. O trecho, deixado por Nelson Motta em sua conta no Facebook um dia após a morte da atriz, no dia 5 de dezembro, revela o nascimento de uma paixão que resultaria, um ano e meio mais tarde, em seu casamento com a atriz. “Alternando temporadas no paraíso e no inferno durante oito anos movidos a fortes sentimentos, tivemos duas filhas e testemunhei a trajetória e o crescimento de uma das maiores atrizes da nossa história, que levou emoção, alegria e consolo a milhões de pessoas que choravam e gargalhavam com seus personagens, se comoviam com seus tipos sofridos, se aterrorizavam com as suas vilãs malvadas. Marília vai fazer muita falta porque eram muitas, cada uma melhor que a outra”, escreveu.

E essa falta vai ser sentida ainda mais. Hoje, 22 de janeiro, a atriz completaria 73 anos. Para relembrar os momentos marcantes de sua trajetória, fomos ouvir as histórias de Nelson Motta sobre ela.

“Marília Pêra foi uma artista extraordinária. Ela dedicou sua vida à sua arte. Dinheiro, amor, família, ambições, nada vinha em primeiro lugar. A arte era sua prioridade absoluta. Ela era ainda uma pessoa de uma disciplina incrível e quem trabalhou com ela sabe disso. Por isso foi tão grande”, disse Nelson Motta por telefone ao Glamurama. Ele ainda elencou os melhores papéis da atriz, tanto no teatro quanto na TV e no cinema. (Por Denise Meira do Amaral)

 

Você também pode gostar