Publicidade
Emma Coronel Aispuro, a mulher de El Chapo || Créditos: Reprodução
Emma Coronel Aispuro, a mulher de El Chapo || Créditos: Reprodução

A mulher de El Chapo, que assina Joaquín Guzmán, levou um pito das autoridades que controlam o acesso ao tribunal de Nova York onde o traficante mexicano está em julgamento desde o último dia 13. O motivo? A ex-beauty queen Emma Coronel Aispuro entrou no local nessa segunda-feira com um iPhone cheio de bling em mãos, sendo que esse tipo de aparelho é proibido por lá por razões óbvias.

Pega no flagra, ela precisou deixar o smartphone na recepção, não sem antes ouvir uma descompostura, e foi obrigada a passar novamente por um detector de metais antes de seguir para a sala em que o marido é acusado formalmente de ter cometido uma série de crimes internacionais que poderão lhe custar algumas dezenas de anos atrás das grades ou mesmo a prisão perpétua.

A propósito, El Chapo – que é interpretado por Alejandro Edda em “Narcos: Mexico”, atualmente no ar na Netflix – já gastou mais de US$ 5 milhões (R$ 19,5 milhões) com os advogados que o defendem no caso, um dos mais midiáticos da história recente dos Estados Unidos. Um dos defensores dele é o legendário Jeffrey Lichtman, cuja lista de clientes inclui alguns dos nomes mais conhecidos da máfia de NY. (Por Anderson Antunes)

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 17 de Abril

Dia 17 de Abril

3 boutiques de streetwear para descobrir em Paris Embora Paris seja conhecida por suas prestigiosas boutiques de luxo,...

Instagram

Twitter