181191423FB00004_Louis_Vuit
Marc Jacobs: pra quem disse que eu estava na pior… || Créditos: Getty Images

Mesmo sem Marc Jacobs, LV continua crescendo. Aos números

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
181191423FB00004_Louis_Vuit
Marc Jacobs: pra quem disse que eu estava na pior… || Créditos: Getty Images

Errou quem apostou em uma possível queda nas vendas da Louis Vuitton depois da saída de Marc Jacobs. O grupo LVMH, que controla a maison francesa, divulgou nesta semana os resultados do primeiro trimestre do ano, que apontam um crescimento de 12,7% em suas marcas de roupas e acessórios de luxo. Embora não especifique a performance individual de cada grife, sabe-se que a Louis Vuitton responde por pelo menos 75% das vendas do grupo.

O relatório também apontou uma expressiva queda de 6% nas vendas na Ásia (com exceção do Japão). De maneira geral, o LVMH teve um bom primeiro trimestre nos Estados Unidos e na Europa, sendo que a Bulgari e a Sephora tiveram um “excelente resultado” no período, de acordo com o relatório. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar