Publicidade

La Colombe d´Or, Mas Provençal e o agito do Gutter Bar: roteiro de Andréa Siqueira
Em seu quinto ano de “Festival de Publicidade de Cannes”, Andréa Siqueira – diretora de criação do JWT Brasil – ainda aposta que o melhor programa na cidade é mesmo acompanhar os filmes nas “salas escuras e frias do Palais”.


* Depois das sessões, Andréa recomenda começar o roteiro no “Pelourin” – apelido dado por brasileiros à ladeira que fica em frente ao Porto de Cannes. “É mais despretensioso, e como é perto do Palais, você acaba encontrando todo mundo. Parece que você está andando nos Jardins”, comparou ela.


* Por ali, a coisa ferve durante a semana. É como disse uma garçonete local a Andréa: é a única vez no ano em que os estoques de Diet Coke e Coca Zero acabam na Riviera Francesa. Confira o roteiro da publicitária.


* “De noite, quando você estiver humilhado por tantos filmes incríveis, gaste seus euros em um programinha de acordo com a categoria do prêmio. Pegou shortlist? Tome a cerveja Guinness mais cara do universo no Gutter Bar, na Croisette mesmo. Fica ao lado do hotel Martinez, tradicional ponto de encontro do festival.


* Pegou Leão de Bronze? Jante delicioso, fora do burburinho, no Mas Provençal, logo na entrada da vila de Eze. É uma experiência única pois o lugar é uma estufa de flores. O risoto vem dentro de um enorme queijo – sim, dentro – trazido para a sua mesa apoiado em um carrinho de madeira. Incrível!


* Foi de Prata? Almoce no La Colombe d’Or, em Saint-Paul de Vence. Para jantar, a reserva tem que ser feita com meses de antecedência. Agora, se for Leão de Ouro, eu não sei: nunca faturei nenhum!”

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Instagram

Twitter