Iate que foi de Roman Abramovich troca de dono pela sexta vez

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
tamanho Pelorus.
O bilionário chinês Samuel Tak Lee e seu novo brinquedinho: o megaiate Pelorus || Créditos: Getty Images

Um dos maiores e mais famosos megaiates do mundo trocou de dono pela sexta vez. Lançado pelo estaleiro alemão Lürssen em 2003 e batizado Pelorus, o iate teve como primeiro dono um milionário da Arábia Saudita que no ano seguinte o vendeu para Roman Abramovich. Quando o bilionário russo se divorciou de sua segunda mulher, Irina, em 2007, o iate passou a pertencer a ela.

Irina aproveitou alguns verões a bordo da embarcação, até vendê-la, em 2011, para David Geffen, um dos cofundadores dos estúdios DreamWorks. Geffen, por sua vez, recebeu no mesmo ano uma proposta de compra de € 214 milhões (R$ 776 milhões) pelo iate feita pela família real de Abu Dhabi, que ele aceitou prontamente. O negócio chegou a ser mencionado no escândalo Panama Papers.

Desde o início de agosto, no entanto, o iate pertence ao bilionário chinês Samuel Tak Lee, dono de imóveis comerciais em Hong Kong, Londres e Genebra. Com 115 metros de comprimento, capacidade para 18 convidados e decoração do badalado arquiteto naval Terence Disdale, Pelorus foi palco de uma festa organizada pelo filho de Samuel, Jimmy Lee, na última semana, na ilha de Bisevo, na Croácia, cujo setlist ficou por conta da estrelada dupla MC Hammer e David Guetta. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar