Mariah Carey || Créditos: Reprodução

Mariah Carey faz o estilo “pão duro” ao deixar gorjeta de US$6 em hotel de luxo nos EUA

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Mariah Carey || Créditos: Reprodução

Mariah Carey está de volta ao topo das paradas americanas com um hit que lançou há exatos 25 anos, o que definitivamente não é pra qualquer um e mostra o tamanho e a fidelidade da base de fãs dela. Mas uma passagem recente da cantora pelo Hard Rock Hotel & Casino de Atlantic City, que fica no estado americano de New Jersey, deixou os funcionários do estabelecimento se perguntando se a diva da música realmente merece todo esse reconhecimento e amor.

É que a turma ficou indignada por ter se virado nos trinta para preparar uma refeição enorme que Carey pediu para ser servida em seu quarto tarde da noite, e apesar de todo o esforço e do carinho extra que dedicou ao trabalho, acabou recebendo uma gorjeta de meros US$ 6,33 (R$ 25,67), bem abaixo do valor padrão deixado pelas celebridades que fazem check-in no hotspot.

A propósito, a refeição incluiu cauda de lagosta na manteiga, filés de carne e de frango, salmão grelhado, tortas de caranguejo, espinafre, além vários tipos de massas e saladas, custou exatos US$ 493,67 (R$ 2.002), e foi paga por um assistente de Carey com US$ 500 (R$ 2.028) em dinheiro vivo, e ele não pediu o troco, que acabou virando a tímida gorjeta que para alguns não combina com o espírito de Natal…

Carey está em alta nos Estados Unidos porque seu single natalino “All I Want For Christmas Is You”, de 1994, é a música mais ouvida no país nesse momento. É a primeira vez que a canção conquista essa posição – no passado, o máximo que chegou foi ocupar a terceira posição entre as mais ouvidas por lá. “All I Want…” também é uma máquina de fazer dinheiro, e já rendeu mais de US$ 60 milhões (R$ 243,4 milhões) em royalties para sua intérprete. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…