Publicidade
Margareth Menezes || Reprodução
Margareth Menezes || Reprodução

A cantora baiana Margareth Menezes está prestes a ganhar um dos maiores presentes de aniversário de sua vida: ao lado do acordeonista cearense Waldonys, ela foi convocada a cantar na canonização da primeira santa brasileira, sua conterrânea Irmã Dulce, em plena Praça São Pedro, no Vaticano, no dia 13 de outubro. Para a cantora, o convite se torna ainda mais especial por ter conhecido pessoalmente a missionária baiana quando era pequena: “Estou muito honrada com o convite e feliz por ter conhecido a irmã Dulce na minha infância. Ainda menina, tive a oportunidade de encontrar com ela, mas meu pai e minha mãe tinham uma relação mais próxima”, conta emocionada.

A cerimônia comandada pelo Papa Francisco celebra a canonização de Dulce após serem comprovados milagres realizados por ela. A partir de então ela será nomeada Santa Dulce dos Pobres. “Todos nós, principalmente os baianos, já sabíamos disso. Tê-la por perto sempre fortaleceu a minha fé. Peço sempre que olhe por todos nós e que seu exemplo desperte cada vez mais em mim a oportunidade de auxiliar o outro. Exemplo de fé, coragem e solidariedade”, diz Margareth, que já está pensando no repertório para a ocasião.

Em tempo: Após a canonização propriamente dita no Vaticano, haverá ainda outras celebrações, entre elas uma missa no dia seguinte na Igreja de Santo Antônio dos Portugueses, em Roma, e outra na Arena Fonte Nova, em Salvador, no dia 20 de outubro, que espera reunir milhares de devotos. Margareth soltará a voz em todos eles.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Festa Rabanne na NK

Festa Rabanne na NK

  Uma noite em clima disco para celebrar a abertura da Rabanne em sua primeira operação na América...

Instagram

Twitter