Mano Brown democratiza debates no comando do podcast “Mano a Mano” e bate recordes de audiência

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0
Mano Brown | Crédito: Divulgação

Mano Brown comprovou que é um ótimo comunicador fora dos palcos. A prova deste sucesso? O podcast “Mano a Mano”, lançado há duas semanas, que já é o mais ouvido do Spotify no Brasil. Aos 51 anos, o artista mostra no programa como o debate é importante em um Brasil dividido e radicalizado. Até o momento, são três episódios liberados, o primeiro com Karol Conká, que sofreu com o “cancelamento” depois de sua participação no reality “Big Brother Brasil”, Drauzio Varella, com quem debateu sobre a desigualdade social no Brasil, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que rendeu um papo intimista de duas horas e que virou o assunto desta quinta-feira.

Quem busca pelos Top Podcasts na plataforma vê de cara os episódios de Mano como sugestão. Vanderlei Luxemburgo, Fernando Holiday e o Pastor Henrique Vieira estão confirmados para os próximos programas. Ao todo, são 16 conversas, disponibilizadas toda quinta-feira, gratuitamente no Spotify. Para este projeto de áudio, Brown priorizou uma equipe majoritariamente negra.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…