O cenógrafo Marcelo Bacchin durante o workshop || Créditos: Arquivo Pessoal

Mandamento casamentos: 5 gafes além do preto no altar

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
O cenógrafo Marcelo Bacchin durante o workshop, modelo com vestido de Samuel Cirnansck e modelo com make de Roosevelt Vanini e penteado por Isac Muniz || Divulgação: Arquivo Pessoal

O Workshop de noivas armado nessa segunda-feira no salão C.Kamura, do expert de beleza Celso Kamura, nos Jardins, reuniu profissionais de diversas áreas envolvidas com a organização de festas de casamento. Desde o estilista Samuel Cirnansck, passando pelo cenógrafo Marcelo Bacchin e a designer de jóias Carol Bassi Atelier até os assessores Mahayana Agostinelli e Chris Godinho, entre outros. Por lá, 5 gafes que devem ser evitadas pelas noivas.

MAKE CLONADO

“Uma gafe que deve ser evitada na data do casamento é noiva e mãe usando o mesmo penteado. O penteado da noiva tem que ser único e se destacar diante de todos os penteados das outras convidadas, inclusive da mãe e madrinhas. ” (Celso Kamura do salão C.Kamura)

TOO MUCH BRONZE

“Às vésperas do casamento, tanto a noiva quanto as convidadas devem tomar cuidado com o excesso de sol, porque marca de biquíni é uma das coisas mais difíceis de se camuflar na maquiagem. ” (Roosevelt Vanini, maquiador do salão C.Kamura de São Paulo)

QUERER SER O QUE NÃO É

“Um dos maiores erros que uma noiva pode cometer em seu casamento é querer mostrar alguma coisa para alguém. Não se preocupe em agradar a todos e faça uma festa que tenha a sua cara. Se você é simples, faça uma festa simples. O resultado será maravilhoso.” (Marcelo Bacchin, cenógrafo de festas)

MÍMICA 

“É muito chato quando vou a um casamento e não consigo conversar com as pessoas da minha mesa porque o som está muito alto. É preciso ter um limite.” (Samuel Cirnansck, estilista)

NA MEDIDA

“As noivas que optam por se casar na igreja devem avaliar o tamanho da nave que vão atravessar na hora de decidir o tamanho do véu. Uma igreja grande, pede um véu grande, e uma igreja pequena, um véu menor.” (Marcelo Bacchin, cenógrafo de festas)

Salão C.Kamura

R. da Consolação, 3679 – Jardim Paulista – SP

Você também pode gostar