Malu Mader
Malu Mader || Créditos: TV Globo

Malu Mader: “Ajudar a arrumar homem pra amiga é coisa de novela”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Haja Coração
Malu Mader || Créditos: TV Globo

Malu Mader está de volta à TV em “Haja Coração”, que estreou nessa terça-feira, na Globo. Em relação à fama de ser muito seletiva, ela já vai logo dizendo: “Não é que escolho a dedo, é que calhou de rolar essa novela agora e eu achar bacana participar, estar em um bom momento da vida pessoal também. Mas não é bem assim… Não é que eu recebi 300 convites maravilhosos e só topei esse. De qualquer forma, estou feliz de estar nesse projeto”.

“Uma visão bastante machista”

Na trama, ela forma com as personagens de Carolina Ferraz e Ellen Roche um trio de mulheres bem diferentes que acabam se tornando amigas em torno de um objetivo em comum: fisgar um homem rico. Sobre a ideia de que o sexo feminino é muito competitivo entre si… “Acho uma visão bastante machista e a gente tem que ajudar a tirar essa ideia da cabeça das pessoas. Não sei como vai ser o desenrolar da relação delas, mas acredito piamente em amizade verdadeira e genuína entre mulheres, baseada na minha experiência pessoal. Mas ajudar a arrumar homem pra amiga já é coisa de novela, maluquice”.

“Solitárias, carentes e desiludidas”

“Minha personagem, Rebeca, é muito solitária. Percebo isso por trás da comédia. Essas três ficam tão amigas porque são solitárias e carentes. Não aparece nem parente, nem amigo. São desiludidas e se apoiam umas nas outras. Apesar disso, a Rebeca é crédula, alguém que não para, que corre atrás das coisas. Ela se diz pragmática e cética, hedonista, que quer prazer e não se apaixonar, mas no fundo é romântica, sim.  É esse seu contraponto. Isso de querer arrumar homem rico é mais um discurso pra convencer ela mesma que não é tão sonhadora”.

“Ela é muito falsa”

“Tenho gostado de trabalhar esse tom da comédia romântica e tem sido tranquilo pra mim. É uma casa de mulheres e um trio muito coeso. A novela é leve, algo para se distrair”. Perguntamos que conselho Malu daria para Rebeca. “Cultivar as relações afetivas porque ela é muito falsa”. Ui! (Por Michelle Licory)

Você também pode gostar