Lina Bo Bardi homenageada na Bienal de Veneza deste ano: “Uma mulher que representa o arquiteto em seu melhor”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Lina Bo Bardi // Reprodução

Arquiteta, designer, cenógrafa, artista e crítica italiana naturalizada brasileira, Lina Bo Bardi é a ganhadora do Leão de Ouro Especial pelo conjunto de suas conquistas in memorian da 17ª Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza, que será aberta ao público no dia 22 de maio.

O reconhecimento foi recomendado por Hashim Sarkis, curador da Bienal de Arquitetura 2021, e aprovado pelo Conselho de Administração da Bienal de Veneza. “Se há uma arquiteta que melhor encarna o tema da Bienal de Arquitetura 2021 é Lina Bo Bardi. Sua carreira como designer, editora, curadora e ativista nos lembra o papel do arquiteto como organizador e, mais importante, como construtor de visões coletivas. Lina Bo Bardi também exemplifica a perseverança da arquiteta em tempos difíceis, sejam guerras, conflitos políticos ou imigração, e sua capacidade de permanecer criativa, generosa e otimista o tempo todo. Acima de tudo, são seus edifícios poderosos que se destacam pelo design e pela forma como unem arquitetura, natureza, vida e comunidade. Em suas mãos, a arquitetura torna-se verdadeiramente uma arte social que convoca. Leão de Ouro especial pelo conjunto de suas conquistas é um reconhecimento há muito esperado por uma carreira ilustre que se estendeu entre Itália e Brasil, por uma mulher que simplesmente representa o arquiteto em seu melhor.” Ela merece!

Você também pode gostar