Quer variar a salada básica de todo dia? Receita leve e diferente do Maní, vem

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Para esta terça-feira, Glamurama selecionou uma receita da chef Helena Rizzo, do Maní, para dar pique ao projeto verão, a salada Mata Atlântica, uma delícia. O toque especial de Helena fica por conta do tempero.

* Você vai precisar de 80 gramas de rúcula selvagem, 80 gramas de folhas de acelga roxa, 80 gramas de mache, 80 gramas de minirúcula, 40 gramas de azedinha, uma manga e um coração de pupunha cortados em juliana – tiras finas -, 40 gramas de ervilhas tortas, 40 gramas de brócolis ninja, 5 gramas de sementes de maracujá, 10 gramas de aipo em cubinhos confitados, 50 ml de azeite de carvão, 50 ml de azeite de manjericão, 40 gramas de brotos e ervas frescas, pétalas de calêndula e flor de sal para finalizar.

* Para fazer o aipo confitado, limpe bem os talos de 100 gramas de aipo e corte em cubinhos. Acrescente 40 gramas de açúcar e cubra com água. Cozinhe em fogo lento até ficarem bem macios. Para o azeite de carvão, coloque um pedaço de carvão em brasa e mergulhe em 250 ml de óleo de castanhas do Pará. Tape o óleo com um prato e deixe defumar por alguns minutos. O azeite de manjericão leva um maço de manjericão, que deve ser escaldado, sem talo, por 10 segundos, depois mergulhado em água com gelo e, em seguida, deve ser deixado seco. Bata no liquidificador com 250 ml de óleo de girassol e leve ao fogo. Depois de aquecido, coe com um pano.

* Misture as folhas em um bowl e tempere com os dois azeites e a flor de sal. Disponha as folhas nos pratos e acrescente a manga, a pupunha, poucas sementes de maracujá e um pouco de aipo. Coloque pedacinhos de brócolis e ervilha torta por cima e finalize com as ervas, brotos e as pétalas de calêndula.

Salada Mata Atlântica: versão diferente

Você também pode gostar