‘Enciclopédia Negra’, de Flávio dos Santos Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz || Créditos: Reprodução

Leitura da Semana: ‘Enciclopédia Negra’, de Flávio dos Santos Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz, retrata a história de mais de 500 personalidades afro-brasileiras

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
‘Enciclopédia Negra’, de Flávio dos Santos Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz || Créditos: Reprodução

Publicado em março de 2021 pela Companhia das Letras, ‘Enciclopédia Negra’, dos pesquisadores Flávio Gomes e Lilia M. Schwarcz e do artista Jaime Lauriano, traz um estudo aprofundado de mais de 500 personalidades afro-brasileiras, entre anônimos e famosos, que vão de Abdias do Nascimento a Zeferina e Zumbi dos Palmares.

A publicação revisita a história do Brasil, da colonização aos dias atuais, para restabelecer o protagonismo negro. São contadas trajetórias de profissionais liberais; mães que lutaram pela alforria da família; ativistas e revolucionários; curandeiros e médicos; líderes religiosos e mais.

A enciclopédia é em ordem alfabética e reúne as biografias de mais de 550 personagens, em 416 verbetes individuais e coletivos. Além disso, 36 artistas contemporâneos foram convidados a produzir retratos dos biografados. São eles: Amilton Santos, Antonio Obá, Andressa Monique, Arjan Martins, Ayrson Heráclito, Bruno Baptistelli, Castiel Vitorino, Dalton Paula, Daniel Lima, Desali, Elian Almeida, Hariel Revignet, Heloisa Hariadne, Igi Ayedun, Jackeline Romio, Jaime Lauriano, Juliana dos Santos, Kerolayne Kemblim, Kika Carvalho, Lidia Lisboa, Marcelo D’Salete, Mariana Rodrigues, Micaela Cyrino,Michel Cena, Moisés Patricio, Mônica Ventura, Mulambö, Nadia Taquary, Nathalia Ferreira, Oga Mendonça, Panmela Castro, Rebeca Carapiá, Renata Felinto, Rodrigo Bueno, Sonia Gomes e Tiago Sant’Ana. Um reencontro do Brasil com a memória silenciada de milhões de pessoas negras.

Você também pode gostar