Lanvin confirma Bouchra Jarrar como nova diretora criativa da maison

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
nota-lanvin
Lanvin confirma Bouchra Jarrar como diretora criativa || Créditos: Cortesia

Depois da especulação que começou no início desta semana em torno do nome de Bouchra Jarrar para assumir o posto deixado há alguns meses por Alber Elbaz na direção criativa da Lanvin, finalmente foi confirmado na manhã desta sexta-feira a contratação da estilista.

O batente de Jarrar no QG da marca em Paris começa logo nesta segunda e ela deve apresentar sua primeira coleção na temporada de primavera/verão 2017 da semana de moda de Paris, em setembro deste ano. Entre suas primeiras atividades, Jarrar terá que reorganizar a maison, revitalizada pela visão de Elbaz, assim como participar do crescimento financeiro da empresa que já teve um pico de faturamento de 250 milhões de euros (R$ 1.010 bilhões no câmbio atual), que despencou para cerca de 200 milhões de euros ( R$ 808 milhões no câmbio atual) no ano passado. Atualmente, a maison, fundada há mais de 125 anos por Jeanne Lanvin, a mais antiga de Paris na alta-costura, luta por um lugar no concorrido mercado de acessórios de couro.

Com estatura baixa e autoconfiança nos olhos Bouchra Jarrar lançou em 2010 a marca que leva seu nome, depois de trabalhar na área por  15 anos ao lado de grandes nomes da moda como Nicolas Ghesquière na época em que este ainda estava na Balenciaga. Em 2013, ganhou a denominação de Alta-Costura. Nascida em Cannes, na França, Jarrar tornou-se estilista tendo como referências costureiros dos anos 50 e 60 como Cristóbal Balenciaga e Gabrielle Chanel, que exaltam as mulheres com criações esculturais. Entre seus itens de fetiche, estão a jaqueta perfecto, assim como calças bem cortadas, casacos e jaquetas de smoking.

“Seu estilo atemporal está em sintonia com os valores da nossa empresa”, disse Michèle Huiban, diretor executivo da Lanvin, em entrevista ao “WWD” . “Seu talento, seus elevados padrões e seu domínio de cortes e tecidos vai trazer um respiro de frescor e modernidade para a casa, respeitando a sua alma como a mais antiga casa de alta-costura de Paris, um símbolo da elegância francesa.”

Em um comunicado, Jarrar, 45 anos, disse que sua intenção é “trazer para Lanvin a harmonia e consistência de uma moda projetada para as mulheres, uma moda do nosso tempo. Me juntar a Lanvin satisfaz meu desejo de criar e me expressar em um espaço maior de expressão”.

Segundo dados divulgados pelo portal, os lucros da Lanvin diminuíram de 11,9 milhões de euros, (R$ 48 milhões no câmbio atual) em 2012, para 2,9 milhões de euros ( R$ 11,72 milhões no câmbio atual) em 2014. Na lista de estilistas que já atuaram no cargo da marca estão Claude Montana, Eric Bergère, Dominique Morlotti, o brasileiro Ocimar Versolato e Cristina Ortiz.

 

 

Você também pode gostar