Lá em casa: as tapeçarias super modernas, feitas com diferentes técnicas, da Voador Tecelagem

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Após uma temporada em Estocolmo, na Suécia, onde aprofundou seus estudos em tecelagem, a carioca Valentina Stefani Saldanha, 28 anos, não se via mais trabalhando com moda, sua formação, e enxergou a oportunidade de desenvolver suas tapeçarias, já que não havia muitas marcas no mercado com esse apelo. Foi assim que criou, em 2016, a Voador Tecelagem, que hoje tem o designer e diretor de arte Patrick Gondim como sócio. No ateliê, eles criam e desenvolvem produtos que remetem a colagens, feitos nas técnicas de kilim, tufting, pinturas em lona de algodão e jacquard digital, que levam cor, alegria, aconchego e humor para os lares. @VOADORTECELAGEM

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…