Publicidade

Os concertos interrompidos na pandemia e ver a realização do marido, Marcos Amaro, que voltou a atuar na aviação, despertaram na pianista russa Ksenia Kogan Amaro o desejo de resgatar o sonho de cantar. Ela, que também está à frente da filial suíça da galeria Kogan Amaro e se divide entre São Paulo e Zurique, começou a fazer aula de canto lírico. E tem projetos ambiciosos: vai gravar dois álbuns de bossa nova – um dedicado a Tom Jobim e outro com participação de Carlos Lyra, Roberto Menescal, Marcos Valle e João Donato. “Quando vim pela primeira vez ao Brasil, descobri que a música da minha infância, em Moscou, era bossa nova. Lembro do meu pai tocando Tom Jobim no violão e eu não sabia que era música brasileira”, conta ela, filha de músicos.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Dia 10 de Abril

Dia 10 de Abril

Altas horas   Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por VIRAGE (@virage.paris) Não são as...

Instagram

Twitter