Kendrick Lamar
Foto: Divulgação/Tiffany/Anna Barclay

Provocador, Kendrick Lamar usa coroa com espinhos de diamante em Glastonbury

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

O premiado rapper Kendrick Lamar encerrou sua participação no tradicional festival musical de Glastonbury, neste último domingo (26), com um poderoso protesto contra a reversão do direito ao aborto nos EUA.

Com o sangue escorrendo da coroa de espinhos, a estrela proclamou: “Boa sorte pelos direitos das mulheres, eles julgam vocês, eles julgam Cristo”

Ele repetiu a frase várias vezes com intensidade crescente, eventualmente parando no meio da frase e jogando seu microfone no chão antes de sair do palco.

Foi um final contundente para uma apresentação teatral diferente de tudo o que o festival já testemunhou.

Parceria com Tiffany&Co.

A coroa que Lamar usou é resultado de uma parceria entre o artista e a renomada joalheria Tiffany &Co. Nesta segunda (27), a empresa oficializou sua colaboração com o cantor que, juntamente com o co-fundador da PGLang Dave Free, encomendou à joalheria a criação de uma coroa de titânio e pavé, cravejadas de diamantes, feita sob medida.

Cheia de significado e simbolismo, a coroa de espinhos foi feita pelas mãos dos artesãos da Tiffany em sua oficina em Nova York, ao longo de 10 meses.  

Divulgação/ Tiffany & Co

“Kendrick Lamar representa a arte, a criatividade e a inovação implacável que também define a Tiffany & Co. por quase dois séculos”, diz Alexandre Arnault, vice-presidente executivo de produto e comunicação da Tiffany & Co em nota de divulgação.

Indiscutivelmente um dos símbolos mais conhecidos da iconografia religiosa, a “Coroa dos Espinhos” é uma metáfora para humildade e perseverança.

Show histórico

Ao longo do show, Lamar, que ganhou um Prêmio Pulitzer por seu álbum Damn de 2017, abordou temas como culpa, ganância, lealdade, poder, ambição e preconceito, assumindo os problemas do público examinando os seus.

O rapper se apresentou ladeado por 20 dançarinos para tocar United In Grief – uma música que relembra seus 19 anos de carreira e problemas de saúde mental que ele abordou em vários álbuns.

Você também pode gostar