Jeff Bezos, da Amazon, ultrapassa Bill Gates e se torna o homem mais rico do mundo

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Jeff Bezos e Bill Gates || Créditos: Getty Images

Extra! Bill Gates acaba de perder o título de homem mais rico do mundo para Jeff Bezos, o fundador e CEO da Amazon, conforme o que já era esperado em Wall Street desde o início da semana. Gates, que é cofundador da Microsoft mas hoje mantém a maior parte de sua em fortuna em outros negócios, tem estimados US$ 90,1 bilhões (R$ 283,4 bilhões) na conta, “apenas” US$ 400 milhões (R$ 1,26 bilhão) a menos que Bezos – há apenas dois dias, a diferença entre eles era de US$ 2 bilhões (R$ 6,3 bilhões).

A dança das cadeiras no topo da lista dos bilionários tem a ver com a expectativa em torno do balanço referente aos resultados do segundo trimestre que a Amazon, cuja ação opera em alta de mais de 1%, deve divulgar nas próximas horas e que provavelmente trará destaques positivos em pelo menos um dos negócios que são considerados fundamentais para o futuro da empresa: os serviços de arquivamento em nuvem.

Na manhã desta quinta-feira, o analista econômico James Cakmak definiu o humor do mercado em relação à gigante do varejo. “Do jeito que as coisas estão indo e considerando o apetite por resultados de Bezos, acho que a Amazon pode se tornar a primeira companhia com capital aberto e valor de mercado superior a US$ 1 trilhão (R$ 3,15 trilhões) [o dobro do atual]”, ele disse em entrevista ao canal CNBC.

Em tempo: Gates ocupou o primeiro lugar na lista dos mais ricos do mundo 18 vezes ao longo dos últimos 23 anos, é o mais rico desde 2014, quando substituiu o mexicano Carlos Slim Helú. No ano passado ele perdeu o título para Amancio Ortega, o dono da Zara, mas voltou ao topo alguns dias depois. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…