Giovanna Ewbank no lançamento de sua linha de biquínis em parceria com a New Beach
Giovanna Ewbank no lançamento de sua linha de biquínis em parceria com a New Beach || Créditos: Reginaldo Teixeira/ Divulgação

Giovanna Ewbank: “Estou um pouco acima do peso. Olha o tamanho do meu braço”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Giovanna Ewbank no lançamento de sua linha de biquínis em parceria com a New Beach || Créditos: Reginaldo Teixeira/ Divulgação

Giovanna Ewbank bateu um papo com a gente essa quinta-feira no lançamento de sua linha de biquínis em parceria com a marca New Beach, no Azur, quiosque hype do chef Pedro de Artagão na praia do Leblon. A moça é linda, e nos surpreendeu com essa. “Quando escolhi esse look para hoje, pensei: ‘Ai, gente, será que vou assim? Olha o tamanho do meu braço’. Estou um pouco acima do normal, acima do peso. Mas estou feliz, estou comendo. Minha alimentação sempre foi muito saudável, mas estou com falta de tempo pra malhar. No momento, não estou fazendo nada. Malhar ou ficar com minha filha? Ficar com minha filha! Malhar ou dormir? Dormir. Mas fiz promessa que vou voltar a malhar. As roupas estão justas”.

Giovanna deu uma dica de modelagem controversa que já foi sucesso no passado para alongar a silhueta. “Minha grande aposta é o formato asa delta. As pessoas ainda estão com medo [de arriscar], mas eu uso desde o ano passado e colocamos na nova coleção”. Mas claro que nosso assunto não se restringiu a corpo e biquíni, né?

Reposicionamento estratégico?

Giovanna hoje não é mais contratada da Globo, emissora na qual, durante cerca de 10 anos, fez “Malhação” e pequenos papeis em novelas, além de incursões no “Video Show”. Mas nada de sombra e água fresca. Junto com o marido, Bruno Gagliasso, ela tem um salão de beleza, uma pousada em Fernando de Noronha, restaurantes… E ela ainda toca seu site, é sucesso publicitário em campanhas com ou sem Bruno e mantem engajados quase 9 milhões de seguidores no Instagram [1,6 milhão a mais que o marido, ator de novelas dos mais populares do alto escalão da emissora]. Aproveitamos, então, o lançamento de mais um projeto de Giovanna para conversar com ela sobre esse posicionamento como “influencer” digital e empresária, deixando um pouco de lado o foco em uma carreira de atriz/ apresentadora.

Interesse maior na vida pessoal do que em personagens: “Querem a Giovanna de verdade, não a intocável”

“As pessoas tem se interessado mais pela sua vida pessoal, o que você gosta, o que faz e quem você é de verdade do que pelos personagens que você veste. E essas pessoas se identificam muito comigo porque sempre sou muito verdadeira com as coisas que eu penso e com as coisas que eu visto, se eu não visto, se gosto ou não, e querem cada vez mais isso, a Giovanna de verdade, não a Giovanna intocável, distante. O mundo está precisando disso, com vontade de ter você palpável, ser como você. E somos todos iguais. Tenho minhas tristezas, minhas felicidades e preocupações como todo mundo. A internet aproximou bastante tudo isso. E se vou fazer um ‘stories’ ou foto para o Instagram, não vou me maquiar pra isso. O legal das redes sociais é ser de verdade. Isso que aproxima”.

“Quem realmente se identifica com o mundo digital acabou se dando bem”

Em que momento foi feita essa opção por se concentrar em todas essas atividades ao invés de correr atrás uma novela, um trabalho bacana na TV? “Não foi pensado, foi muito natural. Não teve isso: ‘ah, agora vou me comunicar dessa forma’. Sempre me comuniquei assim, só que as redes sociais foram crescendo e as pessoas foram se identificando. Não pensei: vou investir nisso porque vai funcionar. Não existe fórmula: vou pra esse lado porque… Não é assim até porque a gente não sabia que daria tão certo. Se fosse outra pessoa fazendo igual a mim, talvez não funcionasse por não ser de verdade. As pessoas enxergam que não é real. Quem realmente se identifica com o mundo digital acabou se dando bem de uma certa maneira com o crescimento das redes, mas eu faço isso desde ‘Malhação’. Não acredito nisso, que a pessoa só pode fazer uma coisa. Aqui no Brasil é assim: se ela é atriz, não pode cantar. Por que a gente não pode? Pode”.

Pra não dizer que não falei de Titi

Perguntamos se ela se acha melhor atriz, apresentadora ou mulher de negócios. “Cada coisa na sua caixa”.  Ok, mas o que consome mais seu tempo? “Nada disso, é minha filha”. Por falar em Titi, a menina completou 4 anos e vai ganhar festinha no fim de semana, bem longe de fotógrafos e exposição na mídia, a mãe espera. Giovanna não quis falar do episódio do último campeonato do UFC no Rio, que ela foi com Bruno, mas decidiu se retirar ao esbarrar com Jair Bolsonaro, que fez comentários controversos sobre negros de um quilombo em uma palestra na cidade – entre outras coisas. Glamurama estava lá e viu o deputado ser ovacionado pela plateia, a mesma que gritava “uh-uh, vai morrer” para os atletas adversários dos brasileiros. O casal desabafou nas redes na ocasião, mas ela preferiu nem tocar no tema racismo durante a entrevista. Mas contou todas as gracinhas que Titi – uma das glamuzinhas mais estilosas do Instagram – tem feito. “Ela ama as roupinhas dela, é supervaidosa. Toda filha mulher gosta de colocar o sapato da mãe. É grande, diferente, tem salto. E ela ama”.

Por Michelle Licory

Giovanna Ewbank, Titi e Bruno Gagliasso || Créditos: Reprodução/ Instagram
Você também pode gostar