Gershwin Piano Quartet volta ao Brasil com duas apresentações

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
gpq_press3
O Gershwin Piano Quartet || Créditos: Divulgação

Uma atração inovadora e vibrante: é o que promete o quarteto suíço de virtuoses de piano ao executar sem partituras, com interpretações próprias e improvisações, uma combinação de clássicos da música erudita e da música norte-americana do início do século 20. O grupo se apresenta em uma formação de quatro pianos de cauda, dispostos simultaneamente no palco. Com essas características únicas, o Gershwin Piano Quartet volta a se apresentar no Brasil nos dias 6 e 7 de outubro, às 21h, na Sala São Paulo, tudo pela Temporada 2015 do Mozarteum Brasileiro.

Formado pelo músico André Desponds em 1996, o Gershwin Piano Quartet reúne pianistas que tinham em comum a admiração pela música vibrante de George Gershwin e de compositores da música clássica do século 20. A formação atual é composta também por Stefan Wirth, Benjamin Engeli e Mischa Cheung. O quarteto é um dos únicos grupos que se sentem à vontade para tocar de Rachmaninov a Bach, de Prokofiev a Chopin, de Gershwin a Bernstein, de maneira cativante.

No repertório do Gershwin Piano Quartet no país está “Vocalise &Tarantella” (Rachmaninov); “Etude em fá sustenido maior” (Alexander Scriabin); “Lieutenant Kijé” (Prokofiev); “Etude no 4 EmbraceableYou / Gershwin” (Earl Wild); “Danzas Argentinas” (Alberto Ginastera); “Night and Day” (Cole Porter); “West Side Story” (Leonard Bernstein); “Oh, Lady be Good!” (Gershwin) e “Fantasia de Porgy and Bess” (Gershwin)No vídeo você confere um pouco do resultado.

Você também pode gostar