Galeria Luisa Strina realiza mais uma edição do Leilão de Parede

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Obra de Cildo Meireles que vai a leilão. Vamos?

Já participou de um leilão de parede? A Galeria Luisa Strina organiza nesta quinta-feira um evento do tipo, em prol da Associação Civil Anima. Como funciona? Os quadros de nomes como Leda Catunda e Dora Longo Bahia estarão colocados nas paredes esperando os lances dos possíveis compradores, que colam um adesivo com sua oferta ao lado da obra.

Ao fim da noite, os valores mais altos ganham –e ainda ajudam a ONG, que atende 940 pessoas na luta contra a Aids. Maria Elizabeth Brant de Carvalho, parte do conselho diretor da associação, garante que o fim da noite é divertidíssimo. “As pessoas se amontoam em torno de suas obras preferidas vendo se o seu lance é o campeão”, conta.

Entre os artistas participantes está também Cildo Meireles, que doou trabalhos de seu projeto Inserções em Circuitos ideológicos, de 1970. É só chegar!

Você também pode gostar