Fundação Edson Queiroz expõe Portinari, Volpi, Guignard e mais na Pinacoteca

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
nota_baloes
“Balões”, de Aberto Guignard || Créditos: Divulgação

Um recorte com o melhor da arte moderna da Fundação Edson Queiroz, do clã Queiroz de Fortaleza, desembarca no dia 23 de maio na Pinacoteca do Estado de São Paulo. São 60 pinturas e esculturas de nomes como Lasar Segall, Candido Portinari, Di Cavalcanti, Alfredo Volpi e Alberto Guignard, reunidas ao longo de 30 anos pelo Chanceler Airton Queiroz e antes por seu pai, Edson Queiroz.

A coleção da fundação já gerou outras mostras, como “Trajetórias”, de 2013, com uma viagem no tempo por cerca de 250 obras. Em 2014, a mostra “Abstrações” estabeleceu um diálogo entre os acervos da Fundação Edson Queiroz e da Roberto Marinho, com 169 obras de abstratos formais e geométricos. Desta vez, as obras da fundação vão dialogar com a exposição de longa duração na Pinacoteca “Arte no Brasil: uma história do Modernismo”, aberta em 2013, também um recorte mas de outra fundação, a de José e Paulina Nemirovsky. Imperdível!

Siga a seta e confira um preview da exposição.

Arte moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz”
Estação Pinacoteca – 2º andar
Largo General Osório, 66 – São Paulo
De 23 de maio a 6 de setembro

Você também pode gostar