Publicidade
Flávia Alessandra:|| Créditos: Waldemir Filetti
Flávia Alessandra:|| Créditos: Waldemir Filetti
Flávia Alessandra: “O bebê tem leitura de tudo que você passa.”|| Créditos: Waldemir Filetti

Assistiu à estreia de Flávia Alessandra no “Fantástico”, domingo passado? Depois de fazer 15 novelas e cinco filmes – o sexto, “Doidas e Santas” estreia esse ano – ela resolveu atacar de apresentadora. O seu quadro é “O Mundo Secreto dos Bebês – aprendendo a falar” e vai durar até o fim de fevereiro. Empolgadíssima com a nova etapa em sua carreira, Flávia entrega ao Glamurama a diferença entre ser atriz e apresentadora, dicas para novas mamães, além de outras curiosidades. Ah, e Flávia é mãe de duas meninas: Giulia Costa, de 15 anos, que é filha dela com Marcos Paulo, e Olívia Costa, de 4 anos, do seu casamento com Otaviano Costa. Confira.

(Por Manuela Almeida)

Glamurama: Como surgiu o convite de você fazer um quadro no “Fantástico”?
Flavia Alessandra: Eu estava nessa roda viva de fim de ano, enrolada, meio que me mudando [oficialmente para a sua nova casa na Barra da Tijuca, no Rio] e organizando a festa de aniversário de 15 anos da Jujuba [Giulia Martins], mas quando veio esta proposta do quadro, já era uma vontade antiga minha de poder exercitar esse lado de apresentadora em um universo em que eu tivesse uma ligação.

Glamurama: Qual é a diferença entre ser apresentadora e ser atriz?
Flavia Alessandra: É totalmente diferente. Na hora de ser apresentadora, estou sendo 100% eu. Eu olho para a câmera… Como assim? Em novela jamais olho para a câmera. Então é outra relação visual e de comportamento. Eu lembro que Otaviano [marido dela] perguntou “e aí amor como você está fazendo, como está sendo?” e eu disse “mo, estou sendo eu.”

Glamurama: Maternidade sempre foi um assunto que te interessou?
Flavia Alessandra: Eu sempre quis ser mãe, isso eu tinha já dentro de mim. E eu sou daquelas que, quando fiquei grávida, comprei livros sobre o desenvolvimento de bebê. Aí na hora que descobri que era menina, fui atrás de livros tipo “educando filhas” e “dizer sim não é amar” e etc.

Glamurama: Quais são as suas dicas para novas mães?
Flavia Alessandra: Depois que um filho nasce, existem mulheres que automaticamente têm o instinto materno e vão saber o que fazer, enquanto outras ficam nervosas e não acham que vão saber lidar com aquela situação, não estão entendendo o choro do bebê… E o que eu sempre digo é que ninguém mais do que a mãe sabe o que eu seu filho quer. Se bater uma insegurança e surgirem pensamentos como “não estou dando conta”, “que loucura”, “é isso mesmo, uma mamada a cada hora?”, é normal, acontece no início. Depois vai diminuindo, mas, certamente, a mãe é quem sabe como lidar com a sua cria. Então, esteja segura e passa calma para ele, porque o bebê tem leitura de tudo que você passa. Se você estiver tensa e insegura não vai conseguir deixar ele tranquilo. E hoje tem muita tecnologia e medicamentos para ajudar. Praticamente superamos todos os problemas possíveis que uma maternidade possa vir a dar. Então relaxe, usufrua desse momento que pode parecer um pânico no início, mas não é. É prazeroso demais.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Festa Rabanne na NK

Festa Rabanne na NK

  Uma noite em clima disco para celebrar a abertura da Rabanne em sua primeira operação na América...

Instagram

Twitter