Créditos: Getty Images
Créditos: Getty Images

Fim da briga judicial entre Alexandre Grendene e Roberto Argenta

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Na foto, Alexandre Grendene que terminou a briga judicial que tinha com Roberto Argenta ||Créditos: Getty Images
Na foto, Alexandre Grendene que terminou a briga judicial que tinha com Roberto Argenta ||Créditos: Getty Images

Terminou em acordo a briga judicial envolvendo os sócios Alexandre Grendene Bartelle e Roberto Argenta, dois dos maiores empresários calçadistas do país. O primeiro é o maior acionista da empresa que leva seu nome, enquanto Roberto é dono da Beira Rio, na qual Alexandre possui uma participação minoritária.

O desentendimento entre eles começou quando Roberto doou, em 2011, 28,67% das ações da Beira Rio para a Fundação Antonio Meneghetti, entidade filantrópica presidida por ele, sem comunicar os outros acionistas da companhia. Por considerar que foi prejudicado pela manobra, Alexandre entrou na justiça contra o sócio. O caso, cujos valores em jogo chegavam a US$ 120 milhões (R$ 486 milhões), já passou pelo CADE e corria até recentemente nos tribunais do Rio Grande do Sul.

O teor do acordo não foi revelado, mas os advogados dos dois garantem que “foi feito o suficiente para que se restabeleça a harmonia societária.” (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar