Publicidade
Elon Musk e Jeff Bezos
Elon Musk e Jeff Bezos || Créditos: Reprodução
Elon Musk e Jeff Bezos
Elon Musk e Jeff Bezos || Créditos: Reprodução

Pelas contas da Bloomberg, uma das publicações americanas que produzem listas de bilionários, faltam “apenas” US$ 3 bilhões (R$ 15,9 bilhões) para que Elon Musk tire de Jeff Bezos o título de homem mais rico do mundo. E essa dança das cadeiras está diretamente ligada à disparada da ação da Tesla na bolsa de valores eletrônica NASDAQ.

Em alta há vários dias, só nessa quinta-feira o papel da montadora de carros elétricos que tem em Musk seu maior acionista se valorizou quase 3%. Em tempo: no acumulado dos últimos doze meses, o valor de mercado da Tesla aumentou mais de 700%, e atualmente está na casa dos US$ 716,6 bilhões (R$ 3,8 trilhões).

Dono de um patrimônio estimado pela Bloomberg em US$ 184 bilhões (R$ 977,8 bilhões), Bezos – que é fundador e maior acionista da Amazon – também tem visto sua participação na gigante do e-commerce se valorizar em ritmo acelerado nos últimos meses, em razão do aumento das vendas online durante a pandemia (a Amazon também negocia suas ações na NASDAQ).

Mas é possível que o “Homem de Ferro da vida real”, como Musk, com seus US$ 181 bilhões (R$ 961,8 bilhões), é chamado, acabe levando a melhor nessa disputa pelo primeiro lugar no clube dos dez dígitos. E isso pode acontecer ainda nessa semana. (Por Anderson Antunes)

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 10 de Abril

Dia 10 de Abril

Altas horas   Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por VIRAGE (@virage.paris) Não são as...

Instagram

Twitter