Falha mais uma tentativa dos EUA de extraditar Roman Polanski

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Não foi desta vez! Roman Polanski continua livre

Não foi desta vez que os Estados Unidos conseguiram prender Roman Polanski. O diretor, que está na Polônia para participar da abertura do Museu da História dos Judeus Poloneses, teve de se apresentar à polícia de Cracóvia, nesta quinta, a pedido dos EUA. O país busca há anos a extradição do diretor, que é acusado de fazer sexo com uma adolescente de 13 anos em 1977.

A alegação da promotoria de Cracóvia para manter Polanski livre foi a comprovação de hospedagem, além de ter passado todos os seus contatos para as autoridades. Durante o interrogatório, o diretor não quis falar sobre o processo, mas se comprometeu a comparecer ao tribunal sempre que for intimado.

Em tempo: essa não é a primeira vez que Polanski consegue escapar da polícia americana. Em 2009 teve que cumprir prisão domiciliar em Zurique, na Suíça, mas o processo de extradição não foi autorizado pelo país.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…