Publicidade

A historiadora Sylvia Guimarães marca mais dois golaços: seu programa Rede, que promove a integração de crianças de São Paulo e da Amazônia, foi premiado pela ONU. E sua ONG, Vaga Lume, ganhou o apoio da Flow Funding, entidade filantrópica da família Rockefeller, além de um conselho literário encabeçado pelo escritor Milton Hatoum.

* Tudo começou em 2002, quando Sylvia seguiu para a floresta com a missão de espalhar bibliotecas nas comunidades mais remotas. Agora ela quer promover um congresso com representantes dos 166 centros de leitura que inaugurou, para continuar disseminando cultura mata adentro. Bravo!

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Instagram

Twitter