Publicidade
Mario Vargas Llosa || Créditos: Reprodução
Mario Vargas Llosa || Créditos: Reprodução

A China deu um tempo em sua última briga contra os Estados Unidos, na qual um culpa o outro pelo surgimento do novo coronavírus, só para voltar sua artilharia pesada contra… Mario Vargas Llosa! É que o escritor peruano afirmou sem o menor medo de estar errado em um artigo publicado nessa segunda-feira pelo jornal espanhol “El País” que os chineses são os grandes responsáveis pela pandemia de Covid-19. Em seu texto, intitulado “Retorno à Idade Média?”, o vencedor do Nobel de Literatura de 2010 argumenta que Pequim sonegou informação sobre a gravidade da doença e também falhou ao não dar atenção aos médicos de lá que avisaram meses atrás sobre sua fácil e rápida contaminação.

Vargas Llosa foi mais adiante, e ainda acusou a China de criar esse tipo de caos internacional simplesmente por não ser uma sociedade livre. “Nada disso teria acontecido no mundo se a China Comunista fosse uma democracia, e não uma ditatura como é”, escreveu o gênio da literatura, que ainda comparou a atual ameaça global com o desastre de Chernobyl, um dos piores capítulos da história da União Soviética. Em resposta, o governo do país asiático divulgou uma nota na qual acusa o autor de “A Guerra do Fim do Mundo” de fazer declarações “ridículas e maldosas”, e por meio de sua embaixada em Lima, capital do Peru, oficializou uma representação contra ele. Climão! (Por Anderson Antunes)

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 17 de Abril

Dia 17 de Abril

3 boutiques de streetwear para descobrir em Paris Embora Paris seja conhecida por suas prestigiosas boutiques de luxo,...

Instagram

Twitter