||Créditos: Divulgação

Diversidade é a palavra de ordem de doc em cartaz. Vale o ingresso!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
||Créditos: Divulgação
||Créditos: Divulgação

Deixe a vergonha de lado e tenha coragem para ir do jeito que quiser ao cinema conferir o documentário “De Gravata e Unhas Vermelhas”. Está em cartaz desde a semana passada o novo filme da psicanalista e cineasta Miriam Chnaiderman, que tem uma palavra de ordem: diversidade.

Nosso querido Dudu Bertholini, além de contar sua experiência, conversa com pessoas como Ney Matogrosso, Laerte, Rogéria, Candy Mel, Johnny Luxo e muito mais gente bacana. Eles contam suas trajetórias e a luta contra o preconceito por serem pessoas do jeito que bem entendem. Antes de ser um filme que discute a questão de gênero, é sobre a experiência de entender e viver sua própria identidade.

O filme, na verdade, só aponta como o tema é rico e complexo. Além disso, lembra o espectador que a gente tem que parar de julgar e começar a respeitar e ver a beleza nas singularidades das pessoas ao nosso redor. Ingresso mais do que válido! (Por Victor Martinez)

Você também pode gostar