Publicidade
Paula Raia elegeu o tema “O Sagrado Feminino” e criou coleção monocromática cor de rosa || Créditos: FotoSite\Divulgação

O tema mais em alta no momento, inclusive nos discursos do mundo da moda, é o universo feminino, sobretudo questões relacionadas a empoderamento. Nesta temporada de moda paulistana, que chega ao fim nesta quinta-feira, o tema parte para um caminho novo: reforçar a expressão do gênero feminino. E as formas que as marcas têm encontrado para traduzir este inconsciente coletivo em suas coleções são as mais diversas.

Desfiles da Lilly Sarti, Oskle e Iodice || Créditos: Fotosite/Divulgação

Paula Raia elegeu o tema “O Sagrado Feminino” e criou coleção monocromática cor de rosa – uma imersão “emocional e sensorial” no universo feminino. Oskar Metsavah homenageou na estação Tarsila do Amaral – “a maior representante feminina da arte brasileira no séc. XX”, como diz no realese da marca -, com coleção cápsula baseada em fluidez e feminilidade. A Iodice, que comemora nesta edição 30 anos de vida, buscou resgatar em seu desfile, apresentado nesse domingo no Palácio Tangará, a sensualidade de sua mulher por meio do decorativismo com franjas, plumas e paetês e silhueta fluida e próxima ao corpo. Já Lilly Sarti se baseou na criação de um “símbolo da liberdade feminina, forte, ousada e instigante” para a estação, apresentada nessa segunda-feira na bienal do Ibirapuera.

E ainda temos mais desfiles até amanhã. Glamurama segue de olho!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Festa Rabanne na NK

Festa Rabanne na NK

  Uma noite em clima disco para celebrar a abertura da Rabanne em sua primeira operação na América...

Instagram

Twitter