Publicidade

Demitida em junho do canal Food Network após ser acusada de racismo, a chef Paula Deen deve ter sentido uma certa satisfação com a divulgação dos mais recentes números de audiência da estação, feita nesta semana. Justamente no período que compreende a saída de Deen do ar, a Food Network viu seus índices caírem 13% durante o horário nobre e 10,8% no período matutino, principalmente entre os telespectadores com idades entre 18 e 49 anos.

Estes eram os horários nos quais os programas de Deen eram veiculados e o público que a assistia, o que indica que a Food Network talvez tenha se precipitado ao demiti-la, já que os próprios fãs da apresentadora organizaram um boicote contra o canal.

Em junho, um ex-funcionário testemunhou contra a chef e afirmou que ela teria usado insultos raciais contra ele e feito piadas de temas como escravidão durante o trabalho. Deen, que até então era uma das chefs mais bem pagas dos Estados Unidos, nega as acusações e garante que foi “mal interpretada”.

Pelo sim ou pelo não, e apesar de ter perdido vários contratos de publicidade desde a polêmica, os números da Food Netwoork apontam que Deen ainda têm muitos fãs. (por Anderson Antunes)

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 17 de Abril

Dia 17 de Abril

3 boutiques de streetwear para descobrir em Paris Embora Paris seja conhecida por suas prestigiosas boutiques de luxo,...

Instagram

Twitter