Dança do ventre, trajes Berberes e mais: por dentro das comemorações dos 60 anos de Madonna em Marrakech

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Madonna em Marrakech durante as comemorações de seu aniversário, com placa com os dizeres “a rainha” || Créditos: Reprodução Instagram

Madonna desembarcou nesta semana em Marrakech por motivo mais que especial: comemorar seu aniversário de 60 anos, um marco já que estamos falando da maior musa do pop. Como de costume,  tudo foi orquestrado em sigilo absoluto e com contrato de confidencialidade com os profissionais envolvidos: buffet, decoração, músicos, hotel e etc. A festa, que terá três dias de duração e começou oficialmente nessa quarta-feira, reúne cerca de 50 convidados, entre eles, amigos de longa data como Guy Oseary, seu empresário, a dançarina Megan Lawson, o ilusionista David Blaine, as atrizes Sofia Boutella e Debi Mazar, a artista canadense Miss Me, as figurinistas B. Åkerlund e Arianne Phillips, o fotógrafo Steven Klein, Adrien Galo, Loic Mabanza, Maha Dakhil Jackson, uma das fundadoras do movimento Time’s Up, a designer Caroline Mae Couture e os brasileiros Giovanni Bianco e Bruno Ilogti. Além, é claro, de sua família e fiel entourage: seu maquiador Aaron Smith Henrikson, a DJ Mary Mac, e seus dançarinos Marvin Gofin e Marlyn Orti.

As gêmeas Estelle e Estere, e Lourdes Maria, filhas de Madonna || Créditos: Reprodução Instagram

Pelos cliques publicados pela trupe dá para ter uma boa noção do que está rolando por lá: passeios pelas medinas e mercados marroquinos, degustação de iguarias e uma imersão total no lifestyle exótico do destino, com temperaturas beirando os 40º. As refeições têm sido servidas em mesas únicas, onde todos comem juntos. No primeiro jantar comemorativo, que marcou a virada do aniversário de Madonna, climão de mil e uma noites: velas e dança do ventre. Em todas as ocasiões, Madonna tem usado trajes e joias típicos dos Berberes, povos nômades do norte de África. E o outfit tem toque brasileiro. Dois colares usados por ela levam assinatura do joalheiro baiano Carlos Rodeiro. São peças com significados religiosos e culturais com símbolos como figas, sagrado coração e medalhas de santos católicos. Dizem que polícia marroquina está em alerta para impedir que jornalistas e fotógrafos se aproximem da aniversariante e convidados.

https://www.instagram.com/p/Bmg4uZXAIqz/?taken-by=madonna

E tem mais: segundo a imprensa européia, a popstar teria fechado para a ocasião o hotel Kasbah Tamadot, que fica na Cordilheira do Atlas, a 43 quilômetros de Marrakech. A propriedade, que ocupa uma construção luxuosa com 28 suítes e vista para o canyon, pertence a Richard Branson, dono da Virgin e amigo da aniversariante. Segundo o site francês le360, as muralhas da propriedade tiveram que ser aumentadas em 50 cm de altura para garantir mais descrição à festa de Madonna.

Semanas antes de embarcar para o Marrocos, Madonna deu início às comemorações de seu novo ano de vida com uma campanha via redes sociais para arrecadação de fundos para a fundação Raising Malawi, criada por ela. Por ter adotado quatro de seus filhos no país, a cantora fez questão de aumentar a conscientização pública sobre a causa de “crianças vulneráveis” e órfãos. “No meu aniversário não posso encontrar presente melhor do que vincular minha família global a esse belo país e a crianças que precisam de nós”, escreveu ela na página do Facebook da ONG. Dos US$ 300 mil solicitados, US$ 211.167 já foram arrecadados ao longo de 18 dias por meio de doações de 1.195 pessoas. Aos interessados em apoiar a causa, clique aqui.

Para acompanhar tudo o que está rolando em Marrakech, siga a seta:

 

 

Você também pode gostar