Mulher afirma que Al Gore abusou sexualmente dela.

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Al Gore está sendo acusado de abuso sexual por uma massagista de Oregon, nos Estados Unidos. A mulher afirmou à polícia que teria sido abusada em um hotel de luxo, em Portland, em outubro de 2006, quando o ex-vice-presidente norte-americano estava na cidade para falar sobre mudança climática.

* A mulher também alegou que guardou as calças que ela usava na noite do encontro, depois de perceber que a peça apresentava manchas suspeitas. Essas informações fazem parte de um relatório policial sobre a denúncia. Segundo a coluna "Page Six", do jornal "New York Post", há a possibilidade de um processo judicial ser aberto contra Gore.

* As acusações foram deflagradas após ele se separar de Tipper Gore, em junho, após 40 anos de casamento. A ex-mulher dele achava estranho o fato de ele ter feito viagens para fazer as tais massagens terapêuticas. Para ela, já havia suspeitas de que ele poderia ter se envolvido com outra pessoa.

* A porta-voz do político afirmou que ele não fará nenhum comentário sobre o assunto.

Al Gore: acusação após separação

Você também pode gostar