Cardinale
Cardinale || Créditos: Divulgação

Confira as 6 vinícolas mais exclusivas de Napa Valley, na Califórnia

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Degustar vinhos premiados da região de Napa Valley pode não ser uma tarefa tão fácil, mas vale cada gole. Muitas vinícolas abrem sua seleta adega somente para colecionadores, mas se você tiver bons contatos, é possível ser recebido em uma delas. Napa Valley reúne condições ideais para o cultivo de uvas de boa qualidade para a produção de vinhos e é um dos lugares mais visitado da Califórnia. Lá existem mais de 600 vinícolas, então às vezes fica difícil escolher qual ir, ainda mais em uma primeira visita. Para dar uma ajudinha, aqui vai uma lista das 6 vinícolas mais exclusivas de Napa Valley.

Por Daniela Filomeno, da revista online Viagem & Gastronomia

Lokoya
Lokoya || Créditos: Divulgação

1. A Lokoya é uma das mais exclusivas vinícolas de Napa Valley e produz um dos melhores Cabernet Sauvignon da região. A cada safra, quatro vinhos são produzidos da mesma forma, com o mesmo procedimento e mesmos barris. O resultado é surpreendente: quatro vinhos bem diferentes. A degustação é uma experiência imperdível. O sabor de cada terroir é facilmente identificado em uma degustação.

s
Napa Valley Reserve || Créditos: Divulgação

2. A Napa Valley Reserve é um projeto de Bill Harlanm, também dono do hotel cinco estrelas Meadowood Resort and Spa, também da Califórnia. A vinícola possui um conceito de clube, no qual o associado paga US$ 180 mil e tem direito a frequentar suas instalações, com salas exclusivas de degustação, “lockers” para armazenar os vinhos. E também podem adquirir uma caixa de vinho por US$ 1 mil. Os vinhos vêm com especificações personalizadas feitas pelo winemaker Bob Levy para determinar a quantidade de cada uva em cada garrafa: se entra mais da Cabernet Sauvignon ou Merlot, por exemplo. Não dá para ser mais exclusivo que isso.

Cardinale || Créditos: Divulgação
Cardinale || Créditos: Divulgação

3. Já a vinícola Cardinale é aberta ao público, mas somente com reserva. Mais um exemplo de um blend de Napa Valley que tem como base Cabernet Sauvignon com terroir montanhoso e Merlot do vale. No distrito de Oakville, suas uvas vêm de quatro montanhas, principalmente as de Mount Veeder e Howell Mountain, resultando em um vinho elegante e premiado. O lugar é charmoso e lembra as vinícolas da Toscana.

Kenzo
Kenzo Estate || Créditos: Divulgação

4. A Kenzo Estate, com 1,6 mil hectares, fica na antiga propriedade do time equestre olímpico dos Estados Unidos. Seu projeto foi realizado sem restrições financeiras e com os melhores viticultores e winemakers da região. O idealizador é o ícone de videogame no Japão, Kenzo Tsujimoto, também dono da Capcom. A vinícola oferece degustações harmonizadas com delícias gastronômicas do seu restaurante, o Bouchon.

d
Verité || Créditos: Divulgação

5. A Verité é a vinícola nos Estados Unidos que mais possui vinhos com 100 pontos de Robert Parker, o grande e famoso expert da bebida no mundo. As técnicas usadas para fabricar os vinhos impressionam. As safras atuais, de 2012  – uma das melhores safras em 25 anos -, têm três espetaculares vinhos: La Muse, La Joie e Le Desir.

 Seven Stones || Créditos: Divulgação
Seven Stones || Créditos: Divulgação

6. A Seven Stones também guarda seus vinhos a sete chaves e não abre para o público geral. Em um dos lugares mais pitorescos de Santa Helena, dentro do Meadowood Resort and Spa, a vinícola tem um excelente vinho do winemaker Aaron Pott. Fica em uma região na qual o solo, vulcânico e bem drenado, produz alguns dos melhores vinhos de Napa.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…