Roger Waters || Créditos: Getty Images

Com shows no Brasil, turnê de Roger Waters chega aos US$ 100 mi em ingressos vendidos

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Roger Waters || Créditos: Getty Images

A passagem cheia de polêmicas de Roger Waters pelo Brasil coincidiu com um grande marco da carreira dele: na estrada desde maio do ano passado com a turnê global “Us + Them Tour”, o ex-Pink Floyd ultrapassou a marca dos US$ 100 milhões (R$ 377,9 milhões) em ingressos vendidos justamente com os shows que fez em São Paulo e Brasília nos últimos dias 9 e 13, respectivamente. Ele fica no Brasil até o fim do mês, e ainda vai se apresentar em Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.

A turnê anterior de Waters, “The Wall Live”, entrou para a história como a de maior sucesso de um artista solo em 2013, quando foi encerrada com mais de US$ 458,6 milhões (R$ 1,73 bilhão) arrecadados nas bilheterias internacionais. Os primeiros US$ 100 milhões, no entanto, demoraram mais de dois anos para serem contabilizados, ao contrário da “Us + Them Tour”, cujo nome é inspirado no hit “Us and Them”, que está no álbum “The Dark Side of the Moon” que o Pink Floyd lançou em 1973.

Pra quem não acompanhou o noticiário dos últimos dias, Waters acirrou ânimos com a exibição em um telão da hashtag #EleNão enquanto tocava “Eclipse” no show que fez na capital paulista. Em entrevista ao “Fantástico” neste domingo, o músico de 75 anos atribuiu o “protesto” a membros de sua equipe e o classificou como “totalmente inapropriado”. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar