Cleo Pires: entrega maior do que o necessário em cenas de nudez

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Cauã e Cleo estarão juntos em nova série – quente – da Globo

Cleo Pires é Kátia, uma mulher emocionalmente instável em “O Caçador”, e viverá cenas tórridas com Cauã Reymond. José Alvarenga, diretor da série da Globo, comentou com a gente que a atriz se dá tanto em cena que depois ele fica preocupado, querendo saber se ela está bem. “Não pode se entregar tanto assim.” Ele também adiantou que não faltará nu na atração, de 14 capítulos. “É um programa para adultos e ninguém trepa de roupa. Se bem que gravamos uma cena em que eles transam de camisa de força”. Com a palavra, Cleo.

* Sobre o lado dramático da personagem: “Todo mundo às vezes se sente afogado pela emoção e não consegue administrar, tem válvulas de escape. Mas ela é assim sempre. É como um bicho, se entrega de um jeito forte. Tem um break down o tempo todo. Qualquer um tem seus buracos negros dos quais não consegue sair. É bom ter um personagem para botar isso pra fora. Me entrego muito, pra tudo. As pessoas precisam se identificar com o não perfeito”.

* Nu na TV: “Tudo vale à pena. A nudez é bonita, cena sexy é bonita. Sou a favor.”

* Algum desconforto com Cauã? “Ele não tentou me seduzir e tenho um homem incrível em casa. Estou bem. Se ele fica com ciúme? Todo mundo tem ciúme e ninguém gosta de ver a pessoa que ama com outro, mas a gente foca na importância do trabalho”.

* Conflito moral por trair o marido com o irmão dele: “Esse triângulo existe desde que eles eram novos. É muito difícil se relacionar. Você precisa olhar pra dentro, elaborar suas emoções, coisa que ela não consegue. Com o marido é a realidade, e toda realidade traz frustrações. Com o amante, é sonho. Mas ela gosta deles de verdade e acho que goza bem com os dois. Se já aconteceu comigo algo assim? Todo mundo já teve 18 anos e queria tudo ao mesmo tempo. Amor proibido? Bom, eu namorei um primo, né? No início, ninguém aceitava”.

Você também pode gostar