h
h

Chico Diaz ganha camarim rústico em filme sobre fanatismo religioso

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
h
Chico Diaz em cena no longa “Oração do Amor Selvagem” || Crédito: Divulgação

Chico Diaz, protagonista de “Oração do Amor Selvagem”, de Chico Faganello, precisou se adaptar a um camarim no mínimo inusitado. O ator lia os textos e tirava longas sonecas durante as filmagens em uma rede improvisada dentro de um casebre de madeira de chão batido e sem energia elétrica em um vilarejo perto de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

“Oração do Amor Selvagem” é inspirado em fatos reais que marcaram o início dos anos 1980 no Sul do Brasil e traz à tona temas atualíssimos como intolerância e fanatismo religioso. O filme conta ainda com os premiados Sandra Corveloni e Ivo Müller no elenco, além de trilha sonora composta por Zeca Baleiro. O longa foi selecionado pelo Carte Blanche, famoso festival de Locarno, na Suiça, e a pré-estreia é nesta quinta-feira no Caixa Belas Artes, em São Paulo e no dia 11, no Rio. Vamos?

Você também pode gostar