Publicidade

 

Por Michelle Licory

Cássia Kis Magro é uma advogada “de primeiro escalão, que ganha 50 milhões por ano” em “O Rebu”, próxima novela das 23h da Globo, que se passa em apenas um dia, durante uma festa.  “Não pertenço a esse universo, nunca terei esse dinheiro, mas conheço o mundo da promiscuidade. Sabemos como são os filhos da puta. Olha o lugar que a gente mora e a situação que estamos vivendo… Lendo os capítulos, a gente vai se apoderando da promiscuidade. Isso que é do caralho”, nos disse a atriz, que tem um caso com um homem de 30 anos [Daniel Oliveira] na trama e vai protagonizar cenas de nu.

* “A Cássia não existe, existe a personagem. Não estou preocupada com meu ângulo, meu nariz, bunda, estria, o peito que caiu… Não posso! Estou trabalhando, fazendo uma cena. Não sou iniciante. Sei os caminhos para fazer esse tipo de coisa sem ficar sofrendo.” Comentamos que tem colegas de profissão que pedem dublê de corpo. “Não pedi porque na história sou uma mulher de 60. Esperam me ver com peitinho pra cima e bunda arrebitada?”

* A atriz contou um pouco sobre o clima nos bastidores das gravações. “Essa foi a festa mais incrível que já fui. No final do set, continuávamos dançando. Não é à toa que somos essa equipe única, singular, que defende um ao outro com unhas e dentes. Nunca se viu nada igual. Somos um grupo de bastante cumplicidade e afeto e estamos muito ligados. Todas as peças bem engrenadas, uma roda andando pra frente. Demorei 37 anos para estar em um projeto tão especial e estou me sentindo não orgulhosa, e sim honrada.”

 

Instagram

Twitter