Publicidade
Ceviche de vieiras com batata doce, palmito azedo ao molho de tucupi e short rib de Wagyu com babaganoush de jiló agridoce e couve flor || Créditos: Divulgação
Ceviche de vieiras com batata doce, palmito azedo ao molho de tucupi e short rib de Wagyu com babaganoush de jiló agridoce e couve flor || Créditos: Divulgação
Ceviche de vieiras com batata doce, palmito azedo ao molho de tucupi e short rib de Wagyu com babaganoush de jiló agridoce e couve flor || Créditos: Divulgação

Comandado pelos chefs Claude e Thomas Troisgros – pai e filho -, o restaurante carioca Olympe acaba de ser anunciado pela primeira vez como um dos 100 melhores restaurantes do mundo no prestigiado ranking da revista britânica “Restaurant” (entre as posições 51 e 100).

O melhor? A casa também está entre os “50 Melhores Restaurantes da América Latina”, de acordo com a mesma publicação, além de ser detentora de uma estrela no Guia Michelin. O Olympe é o marco da integração evolutiva das culinárias francesa e brasileira. Thomas traz ao restaurante tanto a tradição pela qual sua família é conhecida, quanto as novas tendências gastronômicas e é referência por utilizar em sua cozinha ingredientes até então não explorados que dão sabores nacionais às técnicas francesas, característica do chef Claude Troisgros.

Vale lembrar que o carioca Lasai caiu do 64ª lugar, sua posição de estreia no ranking em 2016, para a 76ª colocação. O Maní, que anunciou a saída do chef Daniel Redondo, teve a sua maior queda desde a estreia no ranking em 2013, saiu da 51ª posição, no ano passado, terminando no 81º lugar neste ano.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Festa Rabanne na NK

Festa Rabanne na NK

  Uma noite em clima disco para celebrar a abertura da Rabanne em sua primeira operação na América...

Instagram

Twitter