Bruna Marquezine fala sobre ciúmes de Neymar e revela: “Não me vejo como uma mulher”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Bruna Marquezine

Estrela da nova campanha da Vivara, Bruna Marquezine causou furor ao aparecer na loja do shopping JK Iguatemi, na tarde deste domingo, em São Paulo. A atriz, que vive a Luiza na novela “Em Família”, disse que a personagem pode ser considerada um divisor de águas em sua carreira: “Mostra uma mudança minha, tanto profissional quanto pessoal, aprendi muito. Mas agora espero que os papéis possam se diversificar”. Sobre ser considerada um mulherão, Bruna disse que é apenas uma menina. “Estou crescendo, as pessoas podem até me enxergar diferente, mas sou uma menina, tenho 18 anos. Não me vejo como uma mulher”.

Quando o assunto é o namoro com Neymar, Bruna disse que espera poder assistir à abertura da Copa do Mundo e disse não saber qual será a comemoração do dias dos namorados, que acontece no mesmo dia. E quanto ao presente que vai dar para Neymar? “Não posso falar. É surpresa (risos)”.

Em relação às cenas quentes que sua personagem vive na novela, Bruna disse que Neymar é compreensivo, mas admitiu que deve sentir um pouco de ciúmes: “Eu teria se fosse ele. Ele deve ter um pouquinho, sim”. Quanto ao suposto anel de noivado que teria ganhado do namorado, a atriz garante: “Não existe este anel”.

Chamando a atenção pela excelente boa forma na novela, Bruna revela que é graças ao crossfit, e que tem praticado no mínimo três vezes por semana. “Queria emagrecer um pouco, mas além da estética, pensei na saúde. Minha rotina de gravação é muito pesada e estava ficando doente sempre.  Sou preguiçosa e detesto a academia, mas encontrei uma turma legal no crossfit”. A atriz disse também que mantém a pele sempre limpa e hidratada, além de usar protetor solar e beber muita água.

Apos o término da novela, a atriz disse que vai tirar férias e não tem nenhum novo projeto em mente.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…