Fachada da Colette, em Paris

Bomba! Colette fechará suas portas em dezembro após 20 anos de história

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Fachada da Colette, em Paris || Créditos: Reprodução Instagram

Por essa ninguém esperava! A Colette, point absoluto de moda em Paris, fechará suas portas em dezembro deste ano, depois de 20 anos de funcionamento. A notícia foi confirmada na manhã desta quarta-feira via comunicado oficial publicado nas redes sociais da boutique. “Todas as coisas boas têm um fim”, diz o comunicado. “Depois de 20 maravilhosos anos, a Colette deve fechar suas portas no dia 20 de dezembro.”

No texto, a empresa cita planos de aposentadoria da fundadora, Colette Roussaux, que dirige a loja com sua filha, Sarah Andelman, tornando-a uma das empresas mais cool com formato família da atualidade.

Instalada na Rue St.-Honoré, no 1º Arrondissement de Paris, a loja de departamento responde por uma seleção impecável de produtos, já que é lá onde grandes e descoladas marcas lançam com frequência coleções especiais. Ao longo dos anos, tornou-se uma plataforma de novos designers e destino de compras para insiders de todo o mundo. Tudo o que acontecia ali, seja o lançamento de um livro ou marca, é de relevância inquestionável.

O fechamento da loja acompanha um momento crítico para o varejo de Paris, que assisti ao aumento dos aluguéis para lojistas e novos hábitos de consumo, com destaque para o aumento das vendas online. Nos últimos dois anos, a cidade também viu seu número de turistas declinar por conta dos ataques terroristas.

Em 2016, as vendas da Colette bateram a marca de 28 milhões de euros (R$ 104 milhões), sendo 25% deste total derivados de compras virtuais, e o restante sua única loja física.

Fundada em 1997 por Roussaux, a loja de 8 mil metros quadrados divididos por três andares criou um lifestyle único. Com o fim da colette, famosa por nunca ter tido um plano de marketing, fica a dúvida: qual será o futuro de lojas-conceito?

No mesmo formato está a 10 Corso Como, de Milão, aberta em 1990, que tem lojas em Seoul, Shangai e Beijing, e em breve vai abrir em South Street Seaport, em Nova York, surfando com sucesso no novo varejo, enquanto a britânica Matches Fashion também se transformou recentemente, concentrando seus negócios na web.

Você também pode gostar