Publicidade

É nesta segunda-feira que o diretor carioca José Carlos Asbeg lança – com sessão no Cine Odeon, no Rio – o vídeo documentário “1958, o ano em que o mundo descobriu o Brasil”. No dia seguinte é a vez dos paulistas, com evento no HSBC Belas Artes.


* Durante seis anos de trabalho, Asbeg falou com heróis do futebol do mundo inteiro, mas contou pro Glamurama que um dos depoimentos mais emocionantes foi o do jogador Índio, que não foi para a Copa de 58, mas protagonizou os dois gols que garantiram nossa vaga nas eliminatórias. Nos bastidores houve choro para os dois lados!


* Outro destaque é a conversa com o artilheiro francês Just Fontaine, que alcançou a incrível marca de 13 gols nesta copa – quando a competição tinha apenas seis jogos, não os sete de hoje!


*  Em tempo: é claro que os craques Mazzola, Nilton Santos, Zagallo, Zito, Djalma Santos e Didi não ficaram de fora, com seus comentários sobre a conquista da taça “Jules Rimet” e os dribles infalíveis de Garrincha.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Instagram

Twitter