Catch A Flight, XXX< na pista || Créditos: Getty Images

Bilionário brasileiro lucra com vitória de cavalo argentino

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Catch A Flight, XXX< na pista  ||  Créditos: Getty Images
Catch A Flight, montado por Gary Stevens, na pista || Créditos: Getty Images

Teve uma pitada verde e amarela a vitória do cavalo argentino Catch A Flight no torneio San Diego Handicap, que aconteceu no último sábado em Del Mar, uma afluente cidade de pouco mais de quatro mil habitantes na Califórnia. Aos 5 anos, Catch A Flight, montado pelo jockey Gary Stevens, foi o mais rápido a percorrer a distância de 1,7 mil metros da pista de areia do hipódromo do Del Mar Thoroughbred Club, onde acontece o torneio, e levou o prêmio maior de US$ 200 mil (R$ 672 mil).

Com a vitória, Catch A Flight se tornou um dos melhores arenáticos da distância clássica do turfe norte-americano na atualidade. Filho do garanhão Giant’s Causeway e da égua Callaia, descendente do famoso e já falecido garanhão Lode, Catch A Flight foi criado na Estación de Monta La Missión, na Argentina, e pertence ao Haras Santa Maria de Araras, de propriedade do bilionário brasileiro Júlio Bozano, acionista da fabricante de aviões Embraer e da companhia aérea Azul. (por Anderson Antunes)

Você também pode gostar