Bernard Arnault || Créditos: Reprodução

Bernard Arnault ultrapassa Bill Gates e se torna o segundo homem mais rico do mundo

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Bernard Arnault || Créditos: Reprodução

Estaria o reinado de Jeff Bezos como o homem mais rico do mundo ameaçado? Dono do título desde 2017, o fundador da Amazon agora tem em sua cola o francês Bernard Arnault, maior acionista e CEO do conglomerado de marcas LVMH (Louis Vuitton e Dior são algumas), que acaba de saltar da terceira para a segunda posição até então ocupada por Bill Gates na lista dos maiores bilionários do planeta. Em meados de março, Arnault já tinha rendido notícias por “roubar” de Warren Buffett o terceiro lugar no ranking, e de quebra se tornar um dos únicos três centibilionários do planeta (os outros continuam sendo o próprio Gates e, claro, Bezos).

Aos números: graças ao excelente ano que o LVMH está tendo, com aumentos significativos de vendas nos principais mercados e sobretudo na China, sua ações na Bourse de Paris só fazem saltar e respondem pela maior parte do patrimônio de seu controlador, cuja fatia na empresa agora vale US$ 103,7 bilhões (R$ 390,2 bilhões). Bezos continua isolado na liderança do clube dos dez dígitos, com seus US$ 164,2 bilhões (R$ 617,9 bilhões), mas é preciso frisar que a fortuna do americano tem crescido em um ritmo bem menor quando comparada aos ganhos do rei do luxo. Vem uma dança das cadeiras aí? (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar