Gisele acha que já deu, mas tem gente que não concorda… || Crédito: Getty Images

Aposentadoria de Gisele foi precoce, diz agência que cuida de sua carreira

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Gisele acha que já deu, mas tem gente que não concorda... || Crédito: Getty Images
Gisele acha que já deu, mas tem gente que não concorda… || Crédito: Getty Images

A notícia sobre a aposentadoria de Gisele Bündchen das passarelas, confirmada nessa quarta-feira pela irmã e assessora de imprensa da supermodelo, Patrícia Bündchen, para a agência de notícias AFP, foi recebida com surpresa pela IMG, que cuida da carreira e dos contratos da modelo. Por lá, o anúncio foi considerado “precoce”, uma vez que alguns dos contratos em vigência da supermodelo com grandes marcas como a Chanel incluem a opção de que ela possa vir a se apresentar em ocasiões especiais, como por exemplo a participação recente em um desfile da maison em Paris.

Nesse caso, Bündchen ainda pode estar contratualmente obrigada a desfilar, mesmo que seja em desfiles especiais, como foi o caso da Chanel, onde apareceu não como só mais uma modelo, mas sim como a própria Gisele Bündchen. É fato que ela há anos não se submete mais as rotinas cansativas das fashion weeks, e tampouco tem a necessidade de fechar vários desfiles por temporada aumentar seu faturamento, que hoje é proveniente sobretudo dos contratos de publicidade e de licenciamentos. Mas os adeus às passarelas, pelo menos por enquanto, pode ter sido um faux pas da übermodel. Pelo menos é o que pensam os executivos da IMG. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar