Jorge e de Matheus || Créditos: Waldemir Filetti

Jorge e Mateus comemoram 13 anos de sucesso e expandem seus negócios

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Jorge e de Mateus || Créditos: Waldemir Filetti

Glamurama quis saber de Jorge e de Mateus como é ser a maior dupla sertaneja do Brasil. Nossa conversa com os ídolos já começou com um “sincerão”, que veio acompanhado de uma resposta que mostra os motivos por trás dos 13 anos de carreira emplacando hit atrás de hit. Claro que o sucesso não veio do dia para noite e por isso os dois não levam o título a sério. “É uma honra viver de música e do nosso sonho de infância. Foi degrau a degrau e continuaremos subindo até o fim da vida”, disseram eles que, após um hiato de dois anos, lançaram seu 10º álbum, “Terra Sem Cep”. As 14 faixas gravadas ao vivo no começo de 2018 trazem uma batida mais pop. “Mais da metade das nossas influências são de pop e rock. Brinco que dupla sertaneja é só convenção porque o nosso som é bem mesclado” , comenta Jorge que, depois de mais de uma década na estrada, se enxerga com mais experiência e alguns cabelos brancos. Diferente de seu parceiro, Mateus mudou e muito seu estilo pessoal. “Mudei com certeza, é natural. A gente segue tendências que vão nos moldando. Mas a música é a mesma”. E quais são as inspirações de Jorge e Mateus? “Ouvimos de tudo. Da seleção do rádio até Spotify, mas nada de sertanejo. Gosto de escutar outros estilos até para trazer para o trabalho um lance diferente. O último disco que ouvi foi do Jack White”, entrega Mateus.

Os artistas são os únicos brasileiros até agora a se apresentar no Royal Albert Hall, tradicional casa de shows de Londres, em 2013. Logo menos é a vez de Anitta dar show por lá, no dia 28 de junho. Se eles têm dicas para a gata? “Aproveite muito. Aquela casa é maravilhosa, tem uma energia fantástica e seja pontual”, fazendo referência à pontualidade britânica. Na ocasião, eles tiveram um problema técnico que atrasou em 10 minutos a apresentação. “Rolou um stress do público”.

Para esta nova fase, uma outra novidade ocupa espaço na agenda de Jorge e Mateus. Eles acabam de lançar um clube de cerveja. Um prato cheio para os fãs.  “Nós vivemos esse mundo das cervejas desde que fizemos 18 anos. Tentamos colocar um pouco de nossas preferências na hora das escolhas. Cada um gosta de um estilo, então os fãs vão poder dividir com a gente esses gostos. Quando começamos a dupla, em 2005, não imaginávamos que um dia pudéssemos alcançar tantas coisas bacanas, mas é claro que ninguém faz nada sozinho, por isso, só temos mesmo a agradecer a todo mundo que nos acompanha durante todos esses anos. Esperamos que a galera continue curtindo cada música”, comemoram os dois.

Você também pode gostar