Wim Wenders não gostou de Avatar.

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Wim Wenders é um dos grandes homenageados da 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O diretor e fotógrafo também está na cidade para promover uma exposição de fotos de paisagens, um vício, segundo ele. Mas, quando o assunto é cinema, Wim é radical: "Estava passando por uma loja, aqui em São Paulo, e, na vitrine, todos os televisores estavam transmitindo um filme em que nada era real. Achei tudo muito estranho".

* Glamurama explica: Wim adora paisagens, mas quando elas são geradas por computador, como em "Avatar" ou em "Alice no País das Maravilhas", ele torce o nariz. Não gosta de parte dessas inovações do cinema moderno. "Gosto de atores e sei o quanto é difícil para eles atuarem em um fundo azul. Existem tantas coisas reais que, pra mim, são mais interessantes." Concluiu.

* O curioso é que o próximo projeto dele, um documentário sobre o grupo de balé de Pina Bausch, será em 3D. Ele acredita que as três dimensões, tão comuns em blockbusters, serão o futuro do cinema documental. Então tá! Disso a gente sabe que ele entende…

Wim Wenders: 3D é o futuro dos documentários

Você também pode gostar