Andrea Natal || Créditos: Reprodução

Andrea Natal se despede da diretoria-geral do Copacabana Palace depois de quase 25 anos

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Andrea Natal || Créditos: Reprodução

Andrea Natal vai deixar o cargo de diretora-geral do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, até o fim de novembro. Depois de longas conversas com Laurent Carrasset, vice-presidente da divisão Latam do grupo Belmond, que é proprietário do spot, foi decidido que era hora da executiva deixar a administração do hotel mais icônico do Brasil, em que ela também mora. “A minha história e a do Copa se fundem de um jeito muito especial. E sou grata a cada um dos funcionários que viveram essa trajetória comigo, ao longo dos meus 25 anos de total dedicação”, disse Andrea ao “O Globo” para confirmar sua saída.

Responsável pelos grandes eventos realizados por lá, Andrea também esteve à frente de toda a modernização do hotel, inaugurado em 1923. Foram mais de 20 anos de trabalho no Copa, sendo que em 2002 assumiu como gerente residente e, em 2008, foi nomeada gerente-geral. Até que em 2012 passou a ocupar o cargo de diretora-executiva no lugar de Philip Carruthers.

Em 1985, o Copa foi comprado da família Guinle pelo grupo Orient-Express e, em 2018, a rede Belmond (antiga Orient-Express) foi adquirida pelo grupo de luxo LVMH. Este ano, pela primeira vez desde sua inauguração, o hotel ficou fechado. Foram quatro longos meses sem receber hóspedes por conta da pandemia, em que apenas Andrea e Jorge Ben Jor ficaram no local por morarem ali. O grupo não comentou o fato até o momento.

Você também pode gostar